terça-feira, 9 de novembro de 2010

CACHOEIRAS E BALNEÁRIOS DE PIQUETE - pequena amostra











BALNEÁRIO MANÉ BASTOS:
A distância até o centro de Piquete é de aproximadamente 6 km. O local possui estacionamento próprio, churrasqueiras e um pequeno bar, além de poços com águas cristalinas adequadas para o banho. Pequenas trilhas possibilitam a circulação de pessoas. Mata ciliar caracteriza o entorno do balneário. O percurso costuma ser realizado em torno de 2 horas.

CACHOEIRA DO JARACATIÁ:
Conhecida como a maior cachoeira de Piquete, sua queda vai formando pequenos poços, numa extensão de 200 metros. Devido a suas pedras serem extremamente lisas, não é indicada para banhos. Chega-se a ela por uma estrada de terra (extensão aproximada de 4km), onde se pode avistar o Pico dos Marins e extensões de Mata Atlântica.

CACHOEIRA DO FERREIRA:
Propriedade particular, com duas quedas de água formando pequenos poços. É necessário atravessar pequeno pasto e estrada de terra. Lugar bastante visitado pela beleza natural. Possibilidade de banho.

SÍTIO DA COLINA:
Propriedade particular.Construção antiga, situada no Bairro dos Marins, possui roda dágua que aciona gerador capaz de produzir energia para todo o local. Possui poços de água cristalina, que são utilizados mediante autorização dos proprietários, o que garante praticamente exclusividade. 
Produtora de premiado queijo mussarela e nozinho renomados no município e cidades vizinhas, a propriedade, juntamente com a simpatia dos proprietários e toda a beleza da paisagem, se constitui num ambiente agradável para visita e degustação. Existe ainda opção de leite ao pé da vaca e visitação de gerador movido a água, onde é possível tomar delicioso caldo de cana feito na hora.

POÇO DO CURIACO, CACHOEIRA DO AMOR, PEDRA LISA:
Complexo pertencente a bacia hidrográfica. O Poço do Curiaco, pela formação rochosa do seu leito aparenta ter as águas de cor escurecida. Na cheia atinge mais de 3m de profundidade. Embora visto do alto pareça negro, suas águas são cristalinas e integram a região da Bacia Hidrográfica do Ribeirão Passa Quatro. O poço principal chega a atingir, na época das cheias, mais de 3 metros de profundidade.
A Cachoeira do Amor, assim nomeada pelos Monitores Ambientais, forma um ambiente romântico com sua queda culminando num poço em forma de lua. A Cachoeira do Amor possui pequena queda terminada na forma de lua e é passagem obrigatória para a Cachoeira da Pedra Lisa, onde se pode escorregar. Possibilidade de banho em todos os três lugares. Visão privilegiada do Pico dos Marins.

CACHOEIRA DA PONTE:
Extensa queda d´água na trilha que leva ao Pico dos Marins, mas próxima do bairro de mesmo nome. Crianças costumam brincar de escorrega em seu leito. Visão privilegiada do Pico dos Marins.

Nenhum comentário:

Postar um comentário